tarja

Mudanças Climáticas e Desertificação no Semi-Árido Brasileiro

Editora:

Especificação

AutorFrancislene Angelotti
Sumárionone
Degustaçãonone
Páginas296
ISBN9788574050119
Publicação2009
Formato16 x 23 cm
EncadernaçãoBrochura
A publicação reúne alguns dos estudos iniciais de pesquisadores do Brasil e do exterior voltados para a mitigação dos efeitos decorrentes das atuais tendências de elevação da temperatura do planeta, especialmente em regiões mais vulneráveis como o semiárido. O livro traz projeções sobre a potencial degradação do ambiente com o clima mais quente. Mas, também, avança em propor soluções para amenizar o problema.
Aproveite também

  • A publicação, cujo título é “Mudanças climáticas e desertificação no semiárido brasileiro”, reúne alguns dos estudos iniciais de pesquisadores do Brasil e do exterior voltados para a mitigação dos efeitos decorrentes das atuais tendências de elevação da temperatura do planeta, especialmente em regiões mais vulneráveis como o semiárido. O livro traz projeções sobre a potencial degradação do ambiente com o clima mais quente. Mas, também, avança em propor soluções para amenizar o problema.


     


    O livro é organizado em 17 capítulos divididos em quatro partes: Desertificação e as Mudanças Climáticas Globais, A Degradação Ambiental e a Situação Atual dos Recursos Naturais no Semiárido, A Convivência com o Semiárido e Inovações, As Políticas Públicas e os Instrumentos para um Desenvolvimento Sustentável do Semiárido Brasileiro. A pesquisadora Francislene Angelotti considera que o livro é uma contribuição à formação de uma “inteligência institucional” apta a equacionar as questões climáticas, integradas às demandas sociais e à capacidade de elaborar políticas públicas locais e regionais.


     


    Cada capítulo corresponde a palestras apresentadas por especialistas no I Simpósio Brasileiro sobre Mudanças Climáticas e Desertificação no Semiárido Brasileiro, realizado na Embrapa, em Petrolina-PE, em abril do ano passado. O livro foi editado por pesquisadores da Embrapa Semiárido (Francislene Angelotti, Iêdo Bezerra Sá e Eduardo Assis Menezes) e da Embrapa Informática Agropecuária (Giampaolo Queiroz Pellegrino).


     


    De acordo com os editores, as mudanças climáticas provocam fenômenos sobre os biomas do planeta que abrem um novo campo de investigações nas instituições de Ciência e Tecnologia (C&T). O impacto da elevação da temperatura sobre atividades agrícolas, diversidade ambiental e segurança alimentar requer programas inovadores de pesquisa e desenvolvimento (P&D) que orientem a ação humana sobre os recursos naturais.
blog comments powered by Disqus