Geografia e meteorologia

A escolha de uma superfície adequada de referência para o mapeamento

Segundo o Prof. Paulo Menezes, deve-se considerar a possibilidade da utilização de diferentes superfícies de referência para o mapeamento

mapeamento-cartografia-mapas
(Imagem: Divulgação)

O conhecimento da forma e do tamanho da Terra é necessário para descrevê-la momentaneamente, visando às necessidades de mapeamento. O aumento de complexidade do modelo matemático muitas vezes é desnecessário diante da magnitude dos valores expressos por um modelo mais simples.

Assim, dependendo do objetivo e a significância dessas variações, deve-se considerar a possibilidade da utilização de diferentes superfícies de referência, que descrevam adequadamente a forma e o tamanho da Terra para o propósito a que se destina.

A superfície terrestre é geometricamente mais complicada que o elipsoide, porém, as variações do geoide não ultrapassam algumas centenas de metros e são praticamente negligenciáveis para a maior parte dos levantamentos e para a Cartografia.

Leia também

Entrevista: Importância da Cartografia

Visualização e atualização das representações cartográficas

Você sabe quando a ciência cartográfica entrou no currículo da geografia?

É possível simplificar o problema apresentado e considerar três diferentes formas de representar a forma e o tamanho da Terra para diferentes propósitos:

  • um plano tangente à superfície terrestre;
  • uma esfera perfeita de raio apropriado;
  • um elipsoide de revolução de dimensões e achatamento adequados.

Essas três hipóteses estão listadas em ordem ascendente de refinamento, assim um elipsoide adequado representa melhor a forma da Terra do que uma esfera de raio equivalente.

Além disso, as hipóteses também estão dispostas em ordem crescente de dificuldade matemática, assim as formulações necessárias para definir posições, estabelecer relações entre ângulos e distâncias sobre um plano são muito mais simples do que as definições para uma superfície curva de uma esfera que, por sua vez, são mais simples do que as formulações estabelecidas para um elipsoide.

Matéria publicada em 22.01.2020


Tudo a ver

Roteiro de cartografia apresenta de forma clara e didática os principais conceitos clássicos e modernos da cartografia, sua relação com o geoprocessamento e os problemas e impactos causados com a integração de diferentes documentos cartográficos.