Arquitetura verde: entenda esse conceito de construção sustentável

Matéria publicada em 19.9.2019

Saiba quais são as técnicas e processos adotados na arquitetura verde

A arquitetura verde é uma das adaptações inteligentes que surgiu com o tempo para nos ajudar. (Imagem: Viva Decora)

Arquitetura verde é um conceito cada vez mais em alta. Isso porque a sustentabilidade tem sido uma pauta constante na sociedade. Este ramo da arquitetura que se preocupa com os impactos da atividade na natureza.

Por isso propõe a utilização de materiais com baixo impacto ao meio ambiente, técnicas para captação e reaproveitamento da água da chuva, implementação de energias renováveis, entre outras. Esta nova tendência traz diversos benefícios para o meio ambiente, profissionais e clientes. 

Exemplos de arquitetura verde

Uma construção sustentável deve, desde o seu planejamento e implementação, reduzir o consumo de energia e dos recursos naturais. Para isso, são utilizadas algumas práticas que fazem a diferença. Dessa forma, o arquiteto responsável deve:

  • Analisar o clima e ecossistema da região para diminuir os impactos ao meio ambiente;
  • Diminuição do desperdício dos materiais de construção;
  • Aproveitamento da luminosidade natural;
  • Redução do uso de água nos projetos de arquitetura;
  • Uso de tecnologias sustentáveis;
  • Utilização de materiais ecológicos presentes na região do projeto;
  • Destinar adequadamente os resíduos das obras.

Mercado de trabalho em arquitetura verde

Para os arquitetos, o conceito de sustentabilidade deve estar cada vez mais empregado em sua atuação. Além disso, enquanto sociedade todos temos responsabilidade com as questões relacionadas ao meio ambiente.

Como este conceito está cada vez mais presente no nosso dia a dia, profissionais que demonstram interesse e domínio na área encontram boas oportunidades no mercado, tendo a oportunidade de se destacar na carreira.

Fonte: Educa mais Brasil


Tudo a ver

Dividido em cinco partes, Edifício Ambiental aborda conceitos de qualidade e tecnologias construtivas, discute o ambiente urbano e os processos de projeto, traz análise de edifícios existentes e aprofunda reflexões sobre os desafios ambientais e as forças de mercado.