Entrevista com os autores do livro Meteorologia: noções básicas

Tércio Ambrizzi, Michelle S. Reboita, Rita Y. Ynoue e Gyrlene A. M. da Silva comentam as particularidades da obra, sua importância e como ela pode ser útil, inclusive, para futuros aviadores

A previsão do tempo é fundamental para um melhor planejamento em diversas atividades da economia. (Imagem: Mjtrimble/pixabay)

 

Meteorologia: noções básicas não atende somente a estudiosos da área. A obra, escrita à 8 mãos, aborda temas de interesse de biólogos, geógrafos, ecólogos, agrônomos, geólogos, engenheiros e muitos outros.

Em entrevista concedida à equipe do Comunitexto, os autores mostram que a Meteorologia é para muitos e não só daqueles que acompanham a previsão do tempo no telejornal.

Confira a seguir o que os professores Tércio Ambrizzi, Michelle S. Reboita, Rita Y. Ynoue e Gyrlene Aparecida Mendes da Silva tem a dizer.

Comunitexto: Por que o livro deveria ser considerado uma referência em cursos ambientais? O que torna ele diferente de outros com a mesma temática?

TA: As ciências ambientais buscam integrar diferentes campos de conhecimento para trazer as melhores soluções para os problemas ambientais. A atmosfera é parte inerente deste equacionamento e o livro Meteorologia: Noções Básicas, como o próprio nome sugere, contém uma descrição quase que completa da área de meteorologia, incluindo tópicos e discussões recentes no tema de mudanças climáticas.

MS.R: Ele contém uma definição precisa dos termos usados na meteorologia, mas numa linguagem mais acessível a qualquer área das ciências. Desta forma, este livro é único no Brasil e o mais completo; trazendo o grande diferencial de mostrar mapas e exemplos de situações que ocorrem no Brasil e na América do Sul.

RY.Y: Além dos cursos em ciências ambientais e de geociências, incluindo Geografia, que precisam ter noções básicas de meteorologia, vários outros cursos ligados a parte aeronáutica ou marítima também podem se beneficiar dele. Desta forma sua abrangência é realmente grande em nível nacional.

CT: Além de indicado para Meteorologistas, o livro também é destinado a engenheiros, ecólogos, biólogos, geógrafos, agrônomos, entre outras áreas. Como cada uma delas pode usar o material?

TA: Cada área citada precisa de conhecimentos e definições específicas. Engenheiros, particularmente das áreas civil, florestal e agrícola, além do ambiental, precisam de noções de tempo e clima para interpretar dados nestes diferentes campos. O mesmo se passa com os biólogos ou mesmo medicina que têm sentido o impacto da mudança do clima e crescimento de casos de vetores que transportam doenças como dengue, malária e outros.

CT: Vi que Meteorologia: noções básicas também pode ser abordado em cursos de pilotagem. De que maneira o material seria útil para os pilotos -ou futuros aviadores?

GA.M.S: Os pilotos necessitam de ter um conhecimento mais específico de circulação de ventos em alto e baixos níveis da atmosfera, sistemas frontais, nebulosidade e outros. Eles precisam saber interpretar as informações que os meteorologistas passam para realizarem seu trabalho com segurança.

CT: O que torna a previsão do tempo uma ferramenta essencial no desenvolvimento econômico do país?

MS.R: A previsão de tempo tem um impacto diário e semanal na vida das pessoas e economia. Começa com o tipo de roupa que será usada ao longo do dia em função de um tempo mais frio ou quente, seco ou chuvoso, até a mobilidade urbana, transporte de cargas, turismo, armazenamento de água (e impacto na geração de energia) etc. Desta forma, ela é fundamental para um melhor planejamento em diversas atividades da economia.

Tudo a ver

Confira em nosso lojão Meteorologia: noções básicas. O livro aborda temas como radiação solar, temperatura, umidade do ar, estabilidade e pressão atmosférica, ventos, observação da atmosfera, padrão global dos ventos, modelos conceituais, poluição atmosférica e classificação climática, tudo numa linguagem direta e clara, amplamente ilustrado e com exemplos específicos de tempo e clima no Brasil.