Geotecnia: Marcio Almeida aplaudido na palestra Coulomb de 2015

marcioalmeida_conferenciacoulomb_2015A Palestra Coulomb 2015 aconteceu no dia 15 de junho, em Paris, durante a Assembleia Geral do Comitê Francês de Mecânica dos Solos e Geotecnia (CFMS). Este ano, o conferencista convidado foi Marcio de Souza Soares Almeida, associado à ABMS e professor titular do Programa de Engenharia Civil da Coppe/UFRJ. Tradicional no CFMS, a Conferência Coulomb é realizada anualmente em homenagem a Charles Auguste Coulomb (1736-1806), um dos precursores dos estudos em mecânica dos solos.

A Conferência é apresentada por um cientista da área profissional ou acadêmica cujos trabalhos trouxeram um desenvolvimento significativo no domínio da Geotecnia, seja no aspecto teórico, experimental ou por realizações excepcionais.

“Fiquei muitíssimo honrado com o convite”, conta Marcio Almeida. “É o reconhecimento do trabalho que desenvolvo”. Para proferir uma palestra à altura da honraria, Almeida se dedicou intensamente. “Tirei uma licença sabática na Universidade e dediquei os últimos seis meses à Conferência Coulomb”.

O esforço valeu a pena. A Conferência foi muito bem recebida pelos franceses, que encerraram a noite com um jantar de confraternização. “Até mesmo Roger Frank, presidente da Sociedade Internacional de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica (ISSMGE), estava presente. Foi uma noite muito agradável”.

O tema

Marcio Almeida escolheu o tema “Melhoria de solos compreensíveis: estudos em verdadeira grandeza, modelagens numérica e física” para a Conferência Coulomb 2015. Ele abordou novas tecnologias introduzidas em obras brasileiras de solos moles que visam controlar a estabilidade e as deformações excessivas do terreno. Algumas destas tecnologias já eram utilizadas em países como a França, mas tiveram de ser adaptada aos solos brasileiros.

Brasil e França

A relação de Marcio Almeida com a França começou com a academia. “Alunos da UFRJ foram à França fazer parte do doutorado no Instituto Francês de Ciência e Tecnologia de Transportes, Desenvolvimento e Redes (IFSTTAR)”, lembra. “E hoje temos um aluno francês cursando pós-doutorado na UFRJ”.

Além disso, em 2013, Almeida lançou seu livro “Design and performance of embankments on very soft soils” no Congresso Internacional da ISSGME, em Paris. “Isso aproximou minha relação com os colegas franceses e certamente abriu as portas para que meu nome fosse indicado”.

Marcio foi o primeiro conferencista não europeu da Conferência Coulomb.

Palestra Coulumb

A ABMS disponibilizou a palestra de Marcio Almeida. Para acessar, clique aqui

Fonte: ABMS

Tudo a ver

capa_aterrosAterros sobre solos moles inova ao apresentar o papel cada vez mais importante dos geossintéticos como alternativa para a melhoria dos solos moles e estabilização do aterro, tanto no reforço na base do aterro como, em aterros estruturados, no uso de plataformas de geossintéticos ou colunas granulares encamisadas.

Esta obra é uma referência essencial para profissionais e estudantes de engenharia na compreensão do comportamento de aterros sobre solos moles, no projeto e execução – com sucesso – dessas obras.