Geoturismo, geodiversidade e geoconservação: Entrevista

Professores falam sobre o processo de criação do livro Geoturismo, geodiversidade e geoconservação e o que torna ele tão especial para seu público

Profº Antonio José Teixeira Guerra ensinando crianças da Woden Primary School, em Wolverhampton, a determinar o pH dos solos em área de agricultura urbana. (Fonte: Maria do Carmo Oliveira Jorge)

 

Essa semana conversamos com o prof.º Antônio José Teixeira Guerra e a prof.ª Maria do Carmo Oliveira Jorge sobre o livro Geoturismo, geodiversidade e geoconservação – abordagens geográficas e geológicas.

A obra, em pré-venda no lojão da Oficina de Textos, trata dos principais atributos dessa forma de turismo, destacando a importância do patrimônio geológico, a cartografia da geodiversidade, o papel do solo e o papel das comunidades locais.

Confira a entrevista abaixo!

Comunitexto: Como surgiu a ideia e por que escrever um livro com esses temas?

Profª Maria do Carmo: A ideia surgiu há três anos, quando nós dois já vínhamos trabalhando sobre alguns desses temas no litoral norte de São Paulo, mais especificamente Ubatuba. Nossas pesquisas sempre foram focadas na temática ambiental, degradação dos solos e na conscientização sobre o uso dos recursos naturais. Torna-se oportuno, dessa forma, mostrar a importância que esses novos conceitos no campo das geociências, geodiversidade, geoconservação e geoturismo, tem a oferecer com relação à conservação dos recursos naturais, em especifico, os elementos abióticos.

CT: Qual a relação entre eles?

Profª Maria do Carmo: O trinômio aqui considerado, geodiversidade, geoconservação e geoturismo tem relação quando se pensa numa nova abordagem a respeito dos valores da geodiversidade, nas estratégias para sua geoconservação, e das novas possibilidades de se trabalhar o turismo, que vai além do lazer. O geoturismo, dessa forma, busca promover a conscientização sobre a importância da geodiversidade e sua geoconservação.

CT: Além de autores, vocês também são organizadores do livro. Como funciona esse processo de reunir as ideias e colocá-las em prática?

Profº Guerra: Como nós dois temos trabalhado em conjunto há mais de 10 anos, já temos uma prática nesse sentido. Essa temática vem sendo abordada e adotada em diferentes campos de pesquisa, tendo um número cada vez maior de pesquisadores, o que foi uma tarefa um pouco difícil para elencar quais seriam as pessoas mais indicadas para cada tema que selecionamos.

Profª Maria do Carmo: Assim, convidamos pesquisadores que atuam nessa temática, com enfoques diferenciados, colocamos o formato do livro para cada um deles, demos os prazos e lemos cada capítulo, fazendo sugestões e recebemos de volta os capítulos, dos autores, antes de enviarmos os originais à Oficina de Textos. Aliás, esse já é o segundo livro que organizamos junto à Oficina.

CT: O que torna esse livro tão especial para seu público-alvo?

Profº Guerra: Torna-se especial, porque o assunto abordado vem tomando destaque no cenário acadêmico e todos aqueles que trabalham nessa temática poderão se informar de assuntos bem atuais, onde cada autor é especialista no tema proposto, bem como vem trabalhando há bastante tempo no assunto do capítulo. Além do que, a maioria dos exemplos e ilustrações contidos no livro, são brasileiros.

Tudo a ver

Geoturismo, geodiversidade e geoconservação: abordagens geográficas e geológicas trata dos principais atributos dessa forma de turismo, destacando a importância do patrimônio geológico, a cartografia da geodiversidade, o papel do solo, os fósseis e avançando na implementação dos conceitos em geoparks, visitação em trilhas e o papel das comunidades locais.

Ricamente ilustrado, o livro atende a estudantes, pesquisadores e profissionais de áreas como Geografia, Geologia, Turismo, Biologia, Ecologia e Hotelaria, entre outras. A obra já está em pré-venda em nosso lojão.