Inspeção para compra de imóveis: Entrevista com o Eng. Roger Teixeira

Matéria publicada em 30.10.2019

Perito associado ao Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape), ele fala um pouco mais sobre seu guia prático para engenheiros e arquitetos que pretendem realizar inspeções técnicas

Uma boa inspeção permite obter subsídios suficientes para compreender se um imóvel demandará reparos importantes ou meramente estéticos, estes que normalmente são os observados pelo leigo adquirente. (Imagem: Divulgação)

Comunitexto: Por que decidiram escrever o livro?

Roger Teixeira: A home inspection nos Estados Unidos é uma inspeção comum e considerada de muita importância pelos compradores para averiguar previamente as construções e reduzir os riscos de problemas previsíveis representarem gastos relevantes para sua posterior correção.

Ainda que o método construtivo nos EUA seja diferente do nosso, as preocupações dos compradores daqui são semelhantes às dos de lá, ou seja, adquirirem imóveis com problemas complicados ou caros de resolver e que se fossem de conhecimento prévio poderiam subsidiar decisões diferentes. O livro é uma fonte para o debate incipiente deste assunto no Brasil.

CT: Qual(s) o(s) principal(s) destaques da obra?

RT: O livro visa somar conhecimentos e parâmetros àqueles profissionais que desejarem atuar na área de inspeção junto aos compradores, mostrando o que é possível verificar em uma inspeção tátil-visual ou com equipamentos simples, visto que um profissional nestas condições não poderá realizar testes ou prospecções destrutivas no imóvel de terceiros.

Conta ainda com dicas ao longo do livro para obter informações expeditas que podem correlacionar problemas em ocorrência ou vias de ocorrer para determinados imóveis com aquela idade.

CT: Qual a importância da inspeção e o que deve ser observado numa inspeção eficaz?

RT: A aquisição de um imóvel é normalmente a maior ou uma das maiores decisões que uma pessoa tomará na vida. A análise impessoal de um engenheiro ou arquiteto auxilia na tomada de decisões com maior razão do que emoção pelo adquirente, ao obter informações de problemas verificáveis que não são percebidos pelo leigo.

Uma boa inspeção permite obter subsídios suficientes para compreender se um imóvel demandará reparos importantes ou meramente estéticos, estes que normalmente são os observados pelo leigo adquirente.

Leia também

Inspeção para compra x vistoria de avaliação

Perícia, peritos e procedimentos: conceitos e definições

CT: É necessário contar com a ajuda de um profissional?

RT: A inspeção profissional apenas pode ser realizada pelos profissionais habilitados pelo CREA ou CAU. A experiência e formação destes profissionais são primordiais para que a inspeção forneça bons subsídios para a decisão de compra.

CT: O que deve ser vistoriado em um imóvel novo?

RT: No caso dos imóveis novos há naturalmente os parâmetros de garantia legal do mesmo pelo construtor, porém uma inspeção prévia pode detectar vícios aparentes a serem corrigidos antes mesmo da entrega da unidade ao comprador, o que evita até mesmo chamados posteriores à assistência.

A inspeção em si se dá nos sistemas passíveis de verificação tátil-visual, como revestimentos, atendimento de pressão mínima, testes com caimento e funcionamento do sistema hidrossanitário, funcionamento da elétrica, danos em louças, portas ou janelas desreguladas, entre outros.


Tudo a ver

Inspeção para compra de imóveis é um guia prático para engenheiros e arquitetos que pretendem realizar inspeções técnicas para clientes interessados na aquisição de imóveis, de modo a evitar a compra de um bem viciado ou com defeitos.