Inspeção predial total: Entrevista com o Eng. Tito Gomide

O engenheiro fala ao Comunitexto sobre o lançamento da terceira edição do livro Inspeção predial total, as novidades da obra e o que deve ser analisado durante a inspeção

inspeção predial
(Imagem: Divulgação)

Comunitexto: Após seis anos o livro está de casa nova. Como tem sido a experiência com a Oficina de Textos?

Eng. Tito Gomide: Excelente experiência. Todos os envolvidos muito competentes, inteligentes e rápidos solicitações e respostas. Estou satisfeito, até aqui e espero ter completa satisfação até a efetiva publicação do livro. Parabéns a todos.

CT: O que a terceira edição traz de novo para o leitor e por que? Para que já tem a primeira ou a segunda, seria importante adquirir essa nova versão?

Eng. Tito Gomide: A terceira edição traz novidades quanto as normas técnicas, principalmente envolvendo o desempenho e as recentes recomendações da ABNT sobre o tema Inspeção Predial. Acredito que seria importante ter consigo essa terceira edição, pois as novidades e novos comentários aprofundam o conhecimento do leitor no tema.

Leia também

Inspeção para compra de imóveis: Entrevista com o Eng. Roger Teixeira

Inspeção para compra x vistoria de avaliação

CT: Quais são os objetivos da obra e quem deve se beneficiar com ela?

Eng. Tito Gomide: O principal objetivo é explicar o que é Inspeção Predial, qual o seu contexto na Engenharia, quais os tópicos e técnicas de elaboração de um laudo, inclusive a inédita visão dos autores com a Inspeção Predial Total e as normas técnicas pertinentes. Os beneficiários são os profissionais envolvidos com a manutenção predial, ou seja, síndicos, peritos, inspetores prediais, operadores do Direito, engenheiros civis, professores e estudantes interessados no tema.

CT: O que deve ser analisado na inspeção predial? Com que frequência ela deve ser praticada?

Eng. Tito Gomide: Todos os documentos e elementos técnicos apurados nos estudos, exames e inspeções de campo, de todos sistemas construtivos, condições de uso e manutenção devem ser analisados. A frequência das inspeções depende da idade e condições técnicas gerais do edifício em estudo, compreendendo o prazo médio entre os dois e cinco anos, mas ainda podem ser menores, caso as patologias sejam críticas, tal qual ocorre na Medicina, com os pacientes.

Matéria publicada em 18.02.2020


Tudo a ver

Disponível em nossa loja online, Inspeção predial total – 3ª edição é uma leitura fundamental para engenheiros, arquitetos, peritos e demais profissionais envolvidos com Patologia de Edificações, Qualidade Predial Total, Engenharia Diagnóstica e manutenção predial.