Engenharia civil

Modelos de bielas e tirantes: entrevista com Daniel Miranda dos Santos

O dimensionamento e o detalhamento de estruturas de concreto estrutural são possíveis graças aos modelos de bielas e tirantes e campos de tensões fundamentados no teorema estático da plasticidade. Baseada em ensaios experimentais e análises precisas do comportamento das estruturas de concreto, essa ferramenta de cálculo permite clareza e grande aplicabilidade em projetos estruturais. 

Os modelos de bielas e tirantes marcaram a forma de tratamento racional e adequada conferida ao dimensionamento e ao detalhamento das armaduras em elementos especiais de concreto. Até o desenvolvimento desses modelos, as regiões especiais eram detalhadas de maneira empírica pelos engenheiros, com base em suas próprias experiências, o que ocasionou frequentes acidentes estruturais. 

De autoria de Daniel Miranda dos Santos, Projeto estrutural por bielas e tirantes é lançamento na livraria técnica Ofitexto. Este é um livro inédito na literatura técnica publicada no Brasil e visa atender uma demanda urgente no campo da engenharia estrutural.

A Comunitexto conversou com o autor sobre suas principais motivações para desenvolver a obra, seus destaques e público-alvo. Confira!

Imagem em preto e branco de construção em concreto com passarela.
Os modelos de bielas e tirantes marcaram a forma de tratamento racional e adequada conferida ao dimensionamento e ao detalhamento das armaduras em elementos especiais de concreto. Foto: Ricardo Gomez/Unsplçash

Entrevista com o autor de Projeto estrutural por bielas e tirantes

Comunitexto (CT): Qual foi a motivação para escrever Projeto estrutural por bielas e tirantes?

Daniel Miranda dos Santos (DMS): Eu sempre fui movido a desafios e sentia um desejo de contribuir de alguma forma, pelo fato de minha formação superior ter sido sempre em Universidade pública (UFBA e USP). Eu sempre quis ensinar aquilo que meus professores me ensinaram. A vontade de publicar algo importante e que possa ajudar aos engenheiros estruturais sempre existiu, desde os tempos de estudante de engenharia. Minha primeira ideia era publicar algo sobre pontes, que é a minha paixão, mas encontrei nos estudos de bielas e tirantes uma motivação similar, e os cursos que ministro pela ABECE ajudaram a desenvolver o tema. Eu diria que o livro é uma evolução natural do meu curso. Além disso, a motivação por um livro sobre modelos de bielas e tirantes e campos de tensões ajuda a todos que se interessam por estrutura de concreto, não apenas pontes, e pode ajudar professores de graduação a pós-graduação.

CT: Quais são os principais destaques da obra? 

DMS: Eu acredito que esse livro tem uma visão diferente de qualquer livro de estrutura de concreto publicado em português. Conceitos de bielas e tirantes existem em todos os livros de estruturas de concreto, afinal, é a base das fórmulas do dimensionamento de vigas sujeitas às solicitações tangenciais, no entanto, o tema é muitas vezes introduzido de forma superficial. Eu acredito que o grande diferencial é focar também nos campos de tensões que ajudam na compreensão mais ampla e no foco integrado entre dimensionamento e detalhamento, algo intrínseco ao método. Eu considero, também, que o livro tem uma fundamentação teórica importante e que permite certa autonomia no desenvolvimento de modelos de bielas e tirantes. Além da aplicação desses conceitos de forma prática, em elementos como vigas-parede, consolos e dente Gerber.  

Modelo de dente Gerber, ilustração presente no livro Projeto estrutural por bielas e tirantes.
Modelo de dente Gerber. Imagem adaptada de Schlaich e Schafer (2001), presente no livro Projeto estrutural por bielas e tirantes, publicado pela Oficina de Textos. Todos os direitos reservados.

CT: Qual a contribuição que a obra pode oferecer para o campo da engenharia de estruturas? 

DMS: Eu acredito que esse livro tem potencial para iniciar uma mudança no ensino de projetos de estruturas de concreto no Brasil, pois modelos de bielas e tirantes e campos de tensões podem ser aplicados a qualquer elemento de concreto e permite detalhar essas estruturas com maior segurança. O objetivo é ambicioso, mas mesmo que isso não ocorra, acredito que ele oferece uma janela de oportunidade, a mesma que eu percebi quando comecei a me aprofundar no assunto, pois é um tema importantíssimo e que revolucionou a forma de fazer projetos a partir do final da década de 1980. Os modelos de bielas e tirantes foram um marco tão grande que diversos ensaios experimentais, de diversos elementos e regiões especiais, foram realizados para checar a sua viabilidade. Hoje existe uma gama enorme de publicações estrangeiras sobre o assunto, um dos meus objetivos é que isso seja difundido nacionalmente.

CT: A que tipo de público o livro é destinado? 

DMS: O público alvo é qualquer engenheiro com interesse em estruturas de concreto, especialmente no que diz respeito ao projeto estrutural e pesquisa na área de concreto estrutural.

Estrutura de concreto sob o sol com uma câmera de segurança instalada em uma das laterais.
Modelos de bielas e tirantes e campos de tensões revolucionaram a forma de fazer projetos a partir da década de 1980. Foto: Waldemar Brandt

Obra está em pré-venda na livraria técnica Ofitexto

Composto por abordagens detalhadas a respeito da aplicação dos modelos de bielas e tirantes e campos de tensões, Projeto estrutural por bielas e tirantes está disponível para aquisição na livraria técnica Ofitexto no formato impresso.

O livro é amplamente ilustrado e conta com fórmulas e cálculos para explicar exemplos práticos expostos pelo autor, a fim de demonstrar a aplicabilidade dos conceitos apresentados. A obra é considerada uma referência essencial para estudantes e engenheiros estruturais graduados. 

Capa de Projeto estrutural por bielas e tirantes
Capa de Projeto estrutural por bielas e tirantes, publicado pela Oficina de Textos. Todos os direitos reservados.

Para saber mais