O projeto geotécnico para fundações diretas

Professor Jaime Marzionna fala sobre o planejamento das fundações e os tipos mais usados

Exemplo de fundação por estacas (foto: Divulgação)

 

A solução de fundação é sempre uma composição entre técnica e recurso. Os profissionais sempre buscam aquela que tecnicamente é a mais adequada e a mais barata. Entre os tipos de fundações, é possível escolher entre a fundação rasa e a fundação por sapatas para estruturas de grande porte.

Tudo depende da combinação da carga, da estrutura e da característica do subsolo. Segundo especialistas, não há uma pré-definição do uso de determinada fundação que para determinada estrutura só vale um tipo de fundação. Mas como definimos um projeto geotécnico?

Toda estrutura precisa de uma fundação, que é justamente o elemento que faz a ligação entre a estrutura e o terreno. A solução mais barata é aquela em que você consegue apoiar a sua fundação nas camadas superficiais do terreno, que exigem menos escavação e executivamente são mais simples. Então, a primeira solução de fundação que sempre é pensada para qualquer tipo de obra é a fundação direta”, afirma Jaime Marzionna, o ex-presidente do Núcleo São Paulo da ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica).

Tipos de fundações

Embora seja a mais utilizada pelos engenheiros, a fundação direta não é a única opção desses profissionais. Na realidade existem duas grandes famílias de fundação: as fundações rasas, na qual a direta é parte integrante, e as fundações profundas. Qual a diferença entre elas?

“As fundações rasas são utilizadas quando os terrenos superficiais possibilitam a você aplicar a carga da estrutura diretamente nessas camadas superficiais. Quando as camadas superficiais do terreno não são adequadas para suportar essa carga a gente vai buscar camadas mais profundas para suportarem a carga, e aí se utilizam o que chamamos de fundações profundas, cujas mais comuns são as estacas. Existem outros tipos de fundações profundas, mas as mais comuns são as de estacas”, explica o Professor Jaime.

Tudo a ver

Está disponível em nosso site a gravação da palestra Fundações diretas: projeto geotécnico e aspectos construtivos. Nela, o Professor Jaime Marzionna apresenta os seguintes pontos:  

  • Tensão admissível do terreno e tensão de projeto
  • Cargas permanentes e carregamentos excepcionais tipo vento e sobrecargas
  • Tipos de recalques e suas avaliações
  • Comentários sobre projeto geométrico
  • Escavação do terreno de apoio
  • Inspeção e liberação do terreno de apoio
  • Cuidados executivos