Geotecnologias e aplicações

Sondagem SPT: o que é e como aplicar em projetos iniciais

A sondagem SPT (Standard Penetration Test – ensaio de penetração padrão, em uma tradução livre), também conhecida como sondagem de simples reconhecimento ou sondagem à percussão, é uma testagem padrão do solo para a obtenção de amostras com o objetivo de determinar a delimitação e o tipo das fundações que serão adotadas em uma construção. 

Considerada imprescindível para o projeto inicial de uma obra, a sondagem SPT permite que as amostras de solo sejam levadas ao laboratório a fim de realizar um ensaio de caracterização. 

Neste artigo, apresentaremos as definições deste método de verificação e alguns cálculos de aplicação prática da sondagem SPT. 

Em que consiste a sondagem SPT?

Em síntese, a sondagem SPT consiste em uma escavação inicial de um metro de profundidade e, posteriormente, a cravação de um amostrador-padrão. Este avança a partir de golpes aplicados por um martelo de 65kg, que cai de uma altura de 65cm. 

Ilustração demonstrando escavação necessária para a sondagem SPT
Imagem que demonstra a escavação inicial para a sondagem SPT, presente no livro Exercícios de mecânica dos solos, publicado pela Oficina de Textos. Todos os direitos reservados.

Na sondagem SPT são utilizados equipamentos específicos, tais como:

  • Amostrador
  • Hastes
  • Martelo
  • Torre ou Tripé de Sondagem
  • Cabeça de Bater
  • Conjunto de Perfuração

Após a coleta de amostras dos solos (geralmente granulares, coesivos ou rochas brandas), estas são levadas a um laboratório, e as análises levam a informações como a identificação de diferentes camadas de solo que constituem o subsolo, a classificação dos solos presentes em cada um desses estratos, o nível da água (lençol freático), e a capacidade de carga do solo em diversas profundidades. 

Como é feita a sondagem SPT?

Durante o processo de cravação do amostrador-padrão são contados os níveis de golpes para avanços sucessivos de 15m. Estes, nos cálculos, são caracterizados como N1, N2 e N3. 

Posteriormente, a sondagem avança com a escavação até 2m de profundidade e, assim, o processo de cravação com o amostrador se repete, e a sondagem segue com escavações e cravações do amostrador intercalando-se sucessivamente. 

É importante frisar que os solos possuem perfis geotécnicos distintos e que justamente essas diferenças podem indicar a quantidade de golpes necessária durante a realização da sondagem SPT, sobretudo nos 30cm finais da cravação do amostrador. 

Um exemplo disso é o caso dos solos argilosos em que, geralmente, é necessário somente um golpe para avançar até uma profundidade maior, uma vez que estes são um substrato muito mole

Ilustração demonstrando o perfil geotécnico dos solos para sondagem SPT
Perfil geotécnico dos solos para a sondagem SPT. Imagem presente no livro Exercícios de mecânica dos solos, publicado pela Oficina de Textos. Todos os direitos reservados.

Lançamento da Ofitexto apresenta exercícios relacionados a obras de fundações

Exercícios de mecânica dos solos, obra de Rômulo Castello publicada recentemente pela livraria técnica Ofitexto, apresenta 58 exercícios desenvolvidos pelo próprio autor com o objetivo de fixar os conhecimentos relacionados à mecânica dos solos para a aplicação prática dos estudantes. 

Resolvidos, os exercícios se relacionam ao desenvolvimento de projetos de fundações, contenções, aterros sobre solos moles, entre outros. Estes são abordados da maneira tradicional, com questões isoladas que não se conectam, necessariamente, umas com as outras, e também com questões conectadas, criando uma linha de raciocínio lógica, o que contribui para a fixação da teoria e o aprendizado dos alunos

Castello desenvolveu a obra ao longo dos meses iniciais da pandemia do novo coronavírus, levando para o papel exercícios apresentados no quadro branco ao longo de 20 anos de prática docente em disciplinas ligadas à Geotecnia em cursos de graduação e de pós-graduação. 

O livro está disponível para aquisição na livraria técnica Ofitexto na versão impressa. 

Capa do livro Exercícios de mecânica dos solos
Capa do livro Exercícios de mecânica dos solos, publicado pela Oficina de Textos. Todos os direitos resercados.

Para saber mais