Tipos de vulcões, segundo o Dr. Dougal Jerram

Confira a seguir os tipos de vulcões, suas características e alguns exemplos abordados no livro Introdução à Vulcanologia, do cientista escocês Dougal Jerram, o Doutor Vulcão

Desde um pequeno esguicho até uma grande explosão, cada erupção vulcânica é fascinante. Os diferentes tipos ou estilos de um vulcão geralmente refletem o tipo de magma expelido e, por vezes, relacionam-se com sua posição nas placas terrestres.

Os magmas mais viscosos formam vulcões mais explosivos, associados a limites destrutivos, ao passo que os magmas menos viscosos ocorrem em vulcões menos explosivos, muitas vezes em limites construtivos ou pontos quentes (hotspots).

Primeiramente, os vulcões podem ser classificados com base em sua forma. Este passo é importante, porque vulcões podem ter formas similares, mas podem ter tamanhos muito diferentes.

Por exemplo: um derrame basáltico pode variar bastante de tamanho, desde muito pequeno (alguns centímetros de espessura) até os maiores derrames conhecidos, chamados de basaltos de platô. As categorias básicas dos vulcões são apresentadas na figura abaixo.

 

Classificação básica dos diferentes tipos de vulcões, adaptado do Serviço Geológico Americano. (Imagem retirada do livro Introdução à Vulcanologia, 2018. Todos os direitos reservados)

Tudo a ver

Para se aventurar ainda mais pelo fascinante mundo dos vulcões, veja em nosso lojão o livro Introdução à Vulcanologia. Nele, o cientista Dougal Jerram responde a questões como: O que são os vulcões? Como os vulcões se relacionam com as placas tectônicas e o movimento de continentes? Como eles afetam o clima da terra? É possível prever erupções?