Uma escola transformada em lar

A escola da Fazenda Canuanã, na zona rural de Formoso do Araguaia, (TO), recebeu o prêmio de Melhor Edifício de Arquitetura Educacional do mundo, oferecido pelo Building Of The Year ’18

O projeto foi pensado pelo Instituto a Gente Transforma, do designer Marcelo Rosenbaum, em parceria com os arquitetos do escritório Aleph Zero.

Duas perguntas para…

Doris Kowaltowski (Unicamp), autora do livro Arquitetura escolar.

Estadão: Como o espaço escolar pode influenciar no aprendizado do aluno?

DK: Se o aluno percebe que o prédio é bem cuidado, isso cria uma percepção positiva e ele vai se dedicar á atividade que aquela construção propõe, que é o ensino, o aprendizado. Se o jovem se sente seguro, ele pode desligar dos problemas e se dedicar aos estudos.

Estadão: Quais aspectos devem ser considerados na construção de uma escola?

DK: A arquitetura deve priorizar a segurança e a saúde dos estudantes, e, depois o conforto. Além disso, os conceitos usados na arquitetura daquele prédio devem trabalhar coma pedagogia que vai ser utilizada.

Fonte: O Estado de S. Paulo