Você sabe a diferença entre orvalho e geada?

Orvalho é a condensação do vapor d’água atmosférico sobre uma superfície. Normalmente, ocorre após uma noite com céu aberto e sem vento. A superfície resfria, emitindo radiação terrestre para o espaço. O ar imediatamente acima da superfície também resfria por condução. Se a superfície resfria até atingir o ponto de orvalho, o vapor d’água da atmosfera adjacente se condensa, formando pequenas gotas de água, o orvalho.

Orvalho

Se a temperatura de ponto de orvalho for menor do que 0 °C e se a temperatura do ar adjacente à superfície atingir essa temperatura de congelamento, o vapor d’água poderá se depositar como pequenos cristais de gelo sobre a superfície, dando-lhes uma aparência branca. Caso já tenha acontecido a formação de orvalho e a temperatura continue diminuindo abaixo de 0 °C, esse orvalho poderá ser congelado. Esses dois casos são denominados geada branca em Agrometeorologia.

geada branca

Outro tipo mais severo de geada, denominado geada negra, ocorre em condições de pouca umidade do ar e perda radiativa intensa da superfície. Nesse caso, a vegetação é resfriada à sua temperatura letal. Em virtude da baixa umidade, não há deposição de gelo e ocorre morte dos tecidos vegetais pelo congelamento das células vegetais.

No Brasil

O maior exemplo de geada negra no Brasil aconteceu na década de 70 no Paraná. A forte geada queimou seu principal produto: o café. Na época o estado era então o maior produtor brasileiro, com 850 milhões de pés. Este evento foi um divisor de águas e não é possível entender a história contemporânea do Paraná sem passar pelos impactos provocados pela Geada Negra de 1975.

geada negra
Foto emblemática da época. Depois do “dia da neve” que maravilhou Curitiba e arrasou as plantações de café do estado, Foto: Reprodução/A.Kaiser
11742948_102946836720036_3826056751899327790_n
Cafezais paranaenses amanheceram queimados numa extensão jamais vista!

 

Tudo a ver

livro_mockup_meteorologiaA Oficina de Textos lançará neste mês um livro para quem quer entender mais sobre os conceitos básicos de composição e estrutura da atmosfera até a previsão do tempo e do clima e as mudanças climáticas: Meteorologia:noções básicas de Rita Yuri Ynoue, Tércio Ambrizzi, Michelle S. Reboita e Gyrlene A. M. da Silva

Ao longo de seus 13 capítulos, Meteorologia aborda temas como radiação solar, temperatura, umidade do ar, estabilidade e pressão atmosférica, ventos, observação da atmosfera, padrão global dos ventos, modelos conceituais, poluição atmosférica e classificação climática, tudo numa linguagem direta e clara, amplamente ilustrado e com exemplos específicos de tempo e clima no Brasil.

A Obra se destina ao público amplo cuja área de estudos é influenciada pela Meteorologia, sem que esta seja sua especialidade: biólogos, geógrafos, ecólogos, agrônomos, geólogos, engenheiros e muitos outros.

Conheça esta incrível obra, clique aqui!

Compartilhe este conteúdo

Conhece alguém interessado? Indique.