Percolação de água nos solos

percolacao-de-aguas

Com muita frequência a água ocupa a maior parte ou a totalidade dos vazios do solo. A percolação de água nos solos quando submetida a diferenças de potenciais, a água se desloca no seu interior.

Estudos

O estudo da percolação da água nos solos é muito importante porque intervém num grande número de problemas práticos, que podem ser agrupados em três tipos:

  1. No cálculo das vazões, como, por exemplo, na estimativa da quantidade de água que se infiltra numa escavação;
  2. Na análise de recalques, porque frequentemente recalques estão relacionados com diminuição dos vazios do solo que ocorre pela expulsão de água; e
  3. Nos estudos de estabilidade, porque a tensão efetiva (que comanda o comportamento do solo) depende da pressão neutra da água que percola.

O entendimento do que se passa no fluxo da água pelo solo fica facilitado pela análise do fluxo d’água em um permeâmetro vertical. A situação indicada na Figura 2.14, em que não há fluxo, serve de referência para a condição de ocorrência de fluxo.

O diagrama de pressões, na Figura 2.14, mostra as tensões totais e as pressões neutras ao longo da profundidade, sendo que a tensão efetiva pode ser obtida pela diferença entre as duas, ou pelo produto da profundidade pelo peso específico submerso.

Água no solo em situação estática. (Imagem retirada do livro Fundações: teoria e prática – 3ª ed. Todos os direitos reservados à Oficina de Textos)

Matéria publicada em 05.02.2020


Tudo a ver

Ao longo de vinte capítulos e com a participação de mais de sessenta profissionais que, mais do que possuir reconhecida experiência, são verdadeiras referências na área, Fundações: teoria e prática apresenta o estado da arte da concepção, análise, projeto, execução e monitoramento de fundações no Brasil.