Livro: Qualidade e Produtividade nos Transportes

APRESENTAÇÃO

PREFÁCIO

INTRODUÇÃO

CAP.1 TRANSPORTE URBANO DE PASSAGEIROS

Jorge Alcides Cruz e Névio Antônio Carvalho

Os conceitos de qualidade e produtividade no transporte urbano de passageiros

O processo de produção do transporte urbano de passageiros

Considerações gerais

Fatores condicionantes do processo de produção

O ciclo de produção

Técnicas e estratégias para aumentar a qualidade e a produtividade

Uso de equipamentos e novas tecnologias

O planejamento e o controle da manutenção

Controle de consumo e de custos

Ambiente empresarial e relação com os usuários

O planejamento e o gerenciamento da operação

Controle da receita

Treinamento e formação de pessoal

Planejando o futuro e modelando a organização

Bibliografia

Anexo A – Indicadores de qualidade e produtividade

CAP.2 TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE PASSAGEIROS

Sérgio Mayerle

Introdução

Tipos de transporte rodoviário de passageiros

Objetivo do planejamento operacional

Etapas do planejamento operacional

Custos operacionais

Classificação dos custos

Métodos de cálculo de custos operacionais

Estudo da demanda

Matriz origem-destino

Variação da demanda média anual

Variação mensal da demanda ao longo do ano

Variação da demanda diária ao longo da semana

Variação da demanda horária ao longo do dia

Previsão da demanda

Níveis de serviço e divisão de mercado

Pesquisa de mercado e ajuste do modelo de utilidade

Estudo da oferta

Estudo da rede viária

Modelo de geração de viagens

Alocacão de veículos

Técnica de construção de ciclos de viagens

Um exemplo numérico

Alocação de condutores

O problema de alocação de condutores

Modelos de alocação de trabalhadores em local fixo

Modelos baseados em cobertura e particionamento de conjuntos

Técnicas heurísticas aplicadas ao SCP

Relaxação Lagrangeana aplicada ao SCP

Bibliografia

Anexo A – Dados e resultados do Modelo de Geração de Viagens

Anexo B – Dados e resultados do Modelo de Alocação de Frota

Anexo C – Algoritmo de Relação Lagrangeana para resolução do Modelo de Cobertura de Conjuntos

CAP.3 TRANSPORTE AQUAVIÁRIO DE CARGAS

Silvio dos Santos

Qualidade e produtividade no transporte aquaviário de cargas

Produtividade em um sistema de transportes

Qualidade de um sistema de transportes

O processo de produção do transporte aquaviário de cargas

Etapas do processo de produção do transporte aquaviário

Interfaces entre os ambientes da empresa no processo de produção do transporte

Vantagens práticas da caracterização da empresa como um conjunto de ambientes

Técnicas e estratégias para aumentar a qualidade e a produtividade do transporte aquaviário de cargas

Utilização de equipamentos modernos

Utilização de novas tecnologias

Renovação da frota

Planejamento e gerenciamento da operação

Planejamento e controle da manutenção

Utilização de técnicas modernas de carga e descarga

Otimização do carregamento das embarcações

Acordos operacionais e parcerias

Treinamento de pessoal em todos os níveis

O uso da logística

O uso da informática

Simplificando os processos aduaneiros

Planejando o futuro e modelando a organização

Bibliografia

Anexo A – Unidades relativas ao nível de serviço

CAP.4 TRANSPORTE FERROVIÁRIO DE CARGAS

Eunice Passaglia

Qualidade e produtividade no transporte ferroviário de cargas

Qualidade com produtividade na empresa de transporte de cargas

Parâmetros indicadores de produtividade de um sistema de transporte ferroviário de cargas

Parâmetros indicadores de qualidade de um sistema de transporte ferroviário de cargas

Exemplo de aplicação dos indicadores de qualidade e produtividade

O processo de produção do transporte ferroviário de cargas

Etapas no processo de produção do transporte ferroviário de cargas

Interfaces entre os ambientes da empresa no processo de produção do transporte

Vantagens práticas da caracterização da empresa como um conjunto de ambientes

Técnicas e estratégias para aumentar a qualidade e a produtividade do transporte ferroviário de cargas

Planejando o futuro e modelando a organização

Bibliografia

Anexo A – Unidades estatísticas e de informação utilizadas no transporte ferroviário de cargas

CAP. 5 TRANSPORTE TODOVIÁRIO DE CARGAS

Amir Mattar Valente

Qualidade e produtividade no transporte rodoviário de cargas

Introdução

Seleção da frota

Etapas da decisão

Transporte próprio ou fretado?

Técnicas para aumentar a qualidade e a produtividade do transporte rodoviário de cargas

Introdução

Qualidade e produtividade

Treinamento da mão-de-obra

O uso da logística para obter ganhos de produtividade

A produtividade do veículo e a utilização de novas tecnologias

Informatização

Implicações da manutenção na produtividade do veículo

Técnicas modernas de carga e descarga

Métodos de otimização da distribuição de cargas no veículo

Melhorando a eficiência da roteirização

Estratégias para maior produtividade: acordos operacionais

Introdução

A produtividade do veículo e os acordos transportador × embarcador

A produtividade do veículo e os acordos transportador × transportador

A produtividade do veículo e os acordos transportador/fabricantes de veículos

Franchising

Sistema integrado de logística: centro de distribuição, terminais, armazéns

Estratégias para maior produtividade – Monitoramento eletrônico

Bibliografia

CAP.6 TRANSPORTE AÉREO

José Carlos Mello

Introdução

Aspecto internacional da regulamentação

O transporte aéreo no Brasil

Indústria aeronáutica brasileira

Aeroportos

Acidentes aéreos

Bibliografia

SOBRE OS AUTORES