O quarto paradigma

Tony Hey, Stewart Tansley, Kristin Tolle Preço de capa: R$ 72,00

Por muito tempo a ciência teve como obstinação a busca por tecnologias que pudessem decifrar e dimensionar o mundo. A busca foi tanta que hoje a ciência já não sabe o que fazer com os Terabytes gerados diariamente em laboratórios, estações remotas e institutos de pesquisa que abastecem planilhas e mais planilhas pelo mundo afora.

O Quarto Paradigma dedica-se ao assunto e discute como a quantidade cada vez maior de dados e a necessidade de aproveitá-los de forma remota e multidisciplinar têm alterado os rumos da pesquisa científica, que aos poucos começa a se reinventar com o uso de tecnologias inovadoras, como colaboração em nuvem, computação quântica e arquitetura multinúcleo.

Computação científica centrada em dados, aplicações ambientais, redefinição da ciência ecológica com o uso de dados, a singularidade dos serviços de saúde e a era da medicina semântica, diagrama de conexões do cérebro, impacto das ferramentas de fluxo do trabalho e comunicação acadêmica adaptada às máquinas são alguns dos assuntos abordados no livro.

Publicado em parceria com a Microsoft Research, o livro apresenta pela primeira vez as pesquisas para o desenvolvimento da eScience e aponta novas tendências para a utilização de computação avançada para interpretar uma quantidade incomensurável de dados nas mais diversas áreas de conhecimento. A ideia é avaliar os novos campos de colaboração entre tecnologia e ciência e inspirar uma nova geração de cientistas.

Indicado a pesquisadores das mais diversas áreas, estudantes de computação e interessados no assunto.

Informações técnicas

Autor:
Tony Hey, Stewart Tansley, Kristin Tolle
Tradutor:
Leda Beck
Páginas:
263
ISBN:
978-85-7975-028-1
eISBN:
978-85-7975-031-1
Publicação:
2011
Edição:
1

Vídeo sobre eScience

Depoimentos
O ensaio individual – e o quarto paradigma como um todo, dá aos leitores um vislumbre do horizonte da pesquisa do século XXI e, no seu melhor, uma espiada no que está além. É uma viagem que vale a pena entrar.
James P. Collins, Escola de Ciências da Vida, Arizona State University.

O impacto do pensamento de Jim Gray continua a levar as pessoas a pensar de uma maneira nova sobre como os dados e softwares estão redefinindo o que significa fazer ciência.
Bill Gates, presidente da Microsoft Corporation.

Costumo dizer às pessoas que trabalham em eScience que não estão neste campo porque são visionários ou super-inteligentes e sim, que é porque eles se preocupam com a ciência que eles estão vivos agora. É a tecnologia mudando o mundo, e a ciência aproveitando-a, para fazer mais e melhor.
Rhys Francis, Conselho de Infra-estrutura eResearch da Austrália.

Um dos maiores desafios para a ciência do século XXI é a forma como respondemos a esta nova era de intensos dados de ciência. Isto é conhecido como um novo paradigma para além da investigação experimental e teórica, e simulações de fenômenos naturais em computador, requer novas ferramentas, técnicas e formas de trabalhar.
Douglas Kell, Universidade de Manchester.

Os autores que contribuem neste volume fizeram um trabalho extraordinário de ajudar a refinar a compreensão deste novo paradigma de uma variedade de perspectivas disciplinares.
Gordon Bell, Microsoft Research.

Livros e cursos relacionados


Notice: Undefined variable: post_id in /home/comunite/ofitexto.com.br/wp-content/themes/ofitexto/single-livro.php on line 427