Felipe_Lobo2.jpg

Felipe de Lucia Lobo

Biólogo formado pela USP, iniciou os estudos de Sensoriamento Remoto de Águas a partir do Mestrado em Sensoriamento Remoto do INPE, durante o qual ajudou na construção de uma biblioteca espectral de referência para a classificação de tipos de água da Bacia Amazônica.

Realizou doutorado na University of Victoria (Canadá) para gerar uma série histórica da concentração de sedimentos derivados da atividade garimpeira no rio Tapajós utilizando dados radiométricos e imagens de satélites. Atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal de Pelotas na área de Geotecnologia no curso de Engenharia Hídrica.