Biomas Brasileiros

capa_biomasLeopoldo Magno Coutinho (USP), carinhosamente chamado por todos de Prof. Léo, foi um dos grandes ecólogos e botânicos brasileiros. Antes de falecer, ele nos entregou um valioso original, que agora, após um extensivo trabalho, a Oficina de Textos tem a grande honra de lançar: Biomas Brasileiros.

Esta importante obra fundamenta os conceitos que definem um bioma, tema controvertido na comparação de diferentes autores, focando zonas climáticas e zonobiomas, e descreve e caracteriza os 16 principais biomas do Brasil.

Aprofunda a Amazônia para quatro biomas, desde a Floresta até a Campinarana, e descreve as Florestas Quente-Temperadas, passando por sistemas complexos, como o Pantanal e os Campos Sulinos.

Ricamente ilustrado com mapas explicativos e fotografias coloridas da fauna e da vegetação características de cada bioma, o livro apresenta de forma didática as informações mais importantes de cada um – clima, solos, flora e fauna –, além de tratar de seu funcionamento e dinâmica.

Para saber mais sobre a obra, clique aqui.

Sobre o autor

Leopoldo Magno Coutinho, biólogo, doutor em Botânica pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (USP), foi livre-docente, professor adjunto e professor titular de Ecologia do Instituto de Biociências da USP. Fez pós-doutorado na Universidade de Hohenheim, Stuttgart, Alemanha, em 1961, sob a supervisão do Prof. Dr. Heinrich Walter. Durante sua carreira acadêmica foi responsável pela disciplina de Ecologia Vegetal e por disciplinas de pós-graduação, entre elas Ecologia do Cerrado, oferecida no Parque Nacional das Emas, em Goiás. Foi responsável pelo curso de extensão universitária Ecologia dos Principais Biomas no Brasil. É autor de diversos artigos científicos e de divulgação, de capítulos de livros e do livro didático Botânica, editado pela Cultrix.

Compartilhe este conteúdo

Conhece alguém interessado? Indique.