Prevenção e mitigação de desastres pelo sensoriamento remoto

Em termos conceituais, o conhecimento das ameaças está intimamente relacionado com a avaliação da suscetibilidade, ou seja, as condições presentes em um território que favorecem a ocorrência de fenômenos com potencial para gerar danos a um sistema, como deslizamentos e inundações.

Sensoriamento remoto para desastres: monitoramento e alerta

O monitoramento de ameaças de desastres consiste em uma observação contínua das condições e eventos que podem provocar desastres nas áreas monitoradas

Os problemas em obras subterrâneas: Entrevista

O Prof. Dr. Roberto Kochen falou a equipe do Comunitexto sobre como elaborar uma construção de túneis isenta de desastres e como mitigar os impactos no meio ambiente   Entrevistamos ele para saber um pouco mais sobre os riscos que permeiam essas obras e o que fazer para evita-los. Dr. Kochen apresentou em agosto a […]

Sensoriamento Remoto para inundação: mapas emergenciais 

A grande maioria dos mapas de inundação gerados é emergencial, ou seja, é feita rapidamente e no momento em que o evento está ocorrendo. Para que as equipes de resgate e socorro possam atuar no salvamento das pessoas atingidas pela inundação, é importante que eles sejam produzidos em um prazo de no máximo 24 a […]

Prós e contras do uso de dados de sensoriamento remoto para deslizamentos

A utilização de imagens de sensoriamento remoto na avaliação de danos causados por eventos de escorregamento é sem dúvida uma ferramenta importantíssima na avaliação de perdas materiais e de possíveis vítimas. As contribuições dessas imagens variam desde a delimitação de áreas populacionais afetadas até a avaliação dos danos estruturais em edifícios e infraestruturas críticas. A […]

Jogo rápido com Tania M. Sausen

Na última semana de julho, a pesquisadora Tania M. Sausen esteve na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Genebra, na Suíça, para participar do “Encontro de Especialistas em Desenvolvimento de Indicadores de Redução de Risco de Desastre”, onde foram discutidos  temas como monitoramento de indicadores globais e nacionais (mortalidade, n° de pessoas afetadas, […]

Pesquisadores dos EUA desenvolvem um mapa de mortalidade por riscos naturais

Na última década os EUA sofreram com uma severa sequência de desastres naturais e, com eles, a perda de muitas vidas humanas. Compreender e avaliar as áreas de risco e os impactos potenciais foi a motivação para que os pesquisadores Susan Cutter e Kevin Borden, da University of South Carolina, Columbia, criassem o primeiro mapa de […]