Monitoramento de deformações superficiais terrestres pela técnica DInSAR orbital: Princípios básicos e aplicações – com Fabio Furlan Gama e José Claudio Mura

Capa-site-900x300.png

com José Claudio Mura, Fabio Furlan Gama

A técnica de monitoramento por DInSAR orbital agregou ao campo da geotecnia inúmeras vantagens, como a precisão das imagens obtidas por meio de radares imageadores e  possibilidade de prever riscos pela movimentação das superfícies. Autores de Monitoramento DInSAR para mineração e geotecnia, Fabio Furlan Gama e José Claudio Mura apresentarão um webinar inédito sobre os princípios básicos e as aplicações do monitoramento de deformações na superfície terrestre por meio da técnica DInSAR orbital.

O que será abordado?

  • Princípios básicos do sensor radar;
  • Interferometria de imagens SAR;
  • Interferometria Diferencial SAR (DInSAR);
  • Série temporal DInSAR (SBAS, PSI)
  • Vantagem e desvantagens da técnica DInSAR;
  • Aplicações em Barragens de Rejeitos (Estudos de casos):

– Barragem-I (Brumadinho); – Barragem Fundão (Mariana).

Saiba mais

Monitoramento DInSAR para mineração e geotecnia fala sobre o uso de radares imageadores O webinar será apresentado com base no livro Monitoramento DInSAR para mineração e geotecnia, publicado no primeiro semestre deste ano pela livraria técnica Ofitexto. A obra trata, em seis capítulos muito bem elaborados pelos autores, dos principais conceitos a respeito da utilização de radares imageadores em diversos tipos de superfícies, além de suas possíveis aplicações práticas.

O livro aborda, ainda, a forma como os radares imageadores podem ser utilizados no ramo da mineração a fim de prever possíveis deformações no solo, de modo a impedir que desastres de grande magnitude, como o rompimento de barragens que afetou e, até hoje, afetam as cidades de Mariana e Brumadinho (MG) ocorram.

No capítulo final, os autores tratam das aplicações dos radares imageadores no ramo da mineração e explicam de que maneira estes podem ser utilizados para monitorar taludes de cavas e de pilhas de estéril e, por fim, barragens de rejeitos. A obra é voltada a estudiosos da área da geotecnia e da mineração e para demais profissionais interessados em se aprofundar no assunto de monitoramento de movimentos de terreno a partir da utilização da tecnologia DInSAR.