Desmatamento da Amazônia: como a tecnologia por satélites revolucionou a forma de enxergar a floresta – Reprise

com Daniel Capella Zanotta, Matheus Pinheiro Ferreira

O webinar é uma realização da Oficina de Textos com o intuito de disseminar conteúdo e promover o livro “Processamento de imagens de satélite”, dos autores Daniel Capella Zanotta, Matheus Pinheiro Ferreira e Maciel Zortea.

O que foi abordado:

Iniciado na década de 1960, o desmatamento da Amazônia em larga escala ocorre até hoje com níveis variáveis ao longo do tempo. Legislação, monitoramento e fiscalização são os parâmetros que regem a quantidade de desmatamento registrado a cada ano. A tecnologia por satélites é a única forma de acompanhar os eventos de maneira sistemática e eficiente.

No entanto, os dados podem ser extraídos das imagens de diversas maneiras, suscitando debates acalorados a cada vez que o dado é divulgado. Tanto variações no dado utilizado quanto na técnica de detecção podem influenciar desde proporções ínfimas até quantidades consideráveis das taxas. Do outro lado estão as consequências climáticas e ambientais causadas pelo desmatamento, que são tão controversas quanto a noção do público em geral a respeito do tema.

O objetivo desse webinar é utilizar conceitos técnicos objetivos para esclarecer algumas questões fundamentais o desmatamento na floresta Amazônica, como seu histórico, metodologias de detecção, bem como consequências diretas e indiretas da prática que tem provocado atritos entre ambientalistas e órgãos governamentais em nível mundial há várias décadas.